Últimos Dias no Deserto: filme mostra Jesus em jejum e sua luta contra o diabo

A estreia do filme “Últimos Dias no Deserto” no Brasil está prevista para o dia 26 de maio, quando toda a polêmica instigada por sua sinopse será colocada sob escrutínio do público. Dirigido por Rodrigo García, o filme se baseia na narrativa bíblica e fala da luta entre “um homem santo e um demônio”, e se refere a Jesus no hebraico, Yeshua. O ator Ewan McGregor, 44 anos, conhecido por seu papel na saga Star Wars, é o protagonista. O roteiro fala sobre a viagem de Yeshua pelo deserto, por 40 dias, sozinho e em jejum e oração, e das adversidades enfrentadas por Ele quando o diabo se personifica, colocando em xeque sua fé em Deus. McGregor interpreta ambos os papéis. “Você pode ver o demônio como o diabo. Ou, talvez, você pode vê-lo como um outro lado de Yeshua, uma personificação de suas dúvidas. Ele está lá testando-o para tentar sugerir que seu Pai não o ama, que seu pai não está interessado em sua luta”, disse McGregor em entrevista concedida ao site da revista Entertainment Weekly. Ainda segundo a sinopse, Yeshua se depara com uma família que também atravessa dificuldades e tenta se manter unida diante das visões diversas do pai (Ciarán Hinds), que quer permanecer no deserto, e do filho (Tye Sheridan), que acredita que a melhor chance para a família conquistar um futuro é se mudando para Jerusalém.